IBGE revela dados preocupantes sobre a saúde dos brasileiros

weight-scale-1413447-1279x852

Recentemente, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em parceria com a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) e o Ministério da Saúde, revelou dados preocupantes sobre a saúde dos brasileiros. Segundo a PNS, quase 70% das crianças brasileiras com menos de 2 anos de idade comem biscoitos, ou bolachas e 32% tomam refrigerante ou sucos artificiais. Foram consultados 64 mil domicílios na elaboração do estudo.

O alto índice de consumo de refrigerantes e doces por crianças e o grande número de pessoas com excesso de peso não é bem visto pelo Ministro da Saúde, Arthur Chioro. Para Chioro, “está havendo uma substituição importante do padrão de alimentação das crianças, que já se reflete na população adulta e que precisa ser revertida”. O Ministro prevê um “cenário de enfrentamento de sobrepeso e obesidade que trarão uma carga de doenças extremamente importantes”, caso estes hábitos alimentares não mudem.

Se a saúde das crianças não vai bem, a dos adultos também preocupa. Cerca de 82 milhões de brasileiros está com sobrepeso. O Rio Grande do Sul é o estado com o maior número de habitantes com excesso de peso: 63%, 7% acima da média nacional. O maior sobrepeso entre os gaúchos é creditado ao hábito de comer muita carne. Ainda de acordo com a Pesquisa Nacional de Saúde, a obesidade entre as mulheres cresceu 11% na última década, enquanto entre os homens o crescimento foi de 6%.

Fontes: ZH e Agência Brasil