Lei do desmonte é regulamentada no Rio Grande do Sul

lanterna-de-cabeca-trocando-pneu-de-noite-foto-003

Aprovada desde 2007 pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, a Lei Federal do Desmonte foi sancionada nesta terça-feira, dia 8, pelo governador do Estado, José Ivo Sartori. Os órgãos estaduais de segurança esperam que, com esta medida, os altos índices de roubos e furtos de veículos diminuam. Até setembro de 2015, foram registrados 15 mil furtos e 13 mil roubos de veículos no Estado, números superiores ao do mesmo período do ano anterior, quando aconteceram 14 mil furtos e 10 mil roubos.

Estima-se que existam mais de 1,7 mil ferros-velhos no Rio Grande do Sul. No entanto, somente 208 destes estão credenciados no Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Sul (Detran). Por vezes, estes locais se tornam venda de peças de veículos roubados ou furtados. Com a sanção da lei, fica obrigado que os ferros-velhos contenham notas sobre todas as peças presentes, comprovando a sua origem, a fim de que seja possível rastrear se o automóvel foi roubado ou não.

A regulamentação dos desmanches foi uma das bandeiras defendidas por entidades seguradoras nos últimos anos. Estima-se que sistemas criminosos de vendas de peças de veículos roubados sejam responsáveis por um prejuízo de milhões para as seguradoras.

Fonte: Fenacor